Foto: Sasha Gusov

Alexandre Kantorow

Seja em concerto ou em disco, os críticos têm atribuído excelentes críticas a Alexandre Kantorow (nascido em 1997):
“Alexandre é a reencarnação de Liszt. Nunca ouvi ninguém tocar piano como ele”– Jerry Dubins, Fanfare Magazine; “O jovem czar do piano” – Stéphane Friedrich, Classica Magazine”; “Alexandre já está entre as estrelas” – Olivier Bellamy, Huffington Post.
Em 2019, com 22 anos, Alexandre Kantorow tornou-se o primeiro pianista francês a conquistar a Medalha de Ouro no prestigiado Concurso Tchaikovsky em Moscovo e também o Grand Prix.
Alexandre tem tocado nas grandes salas de concerto, como Royal Concertgebouw de Amsterdam, Konzerthaus Berlin, Philharmonie de Paris, Bozar em Bruxelas e também nos festivais mais prestigiados, incluindo La Roque d’Anthéron, Piano aux Jacobins, Heidelberg, etc. Toca regularmente com Valery Gergiev e a Orquestra Mariinsky de São Petersburgo.
É artista exclusivo da editora BIS e os seus álbuns têm recebido as melhores prémios e distinções:
– Brahms, Bartók et Liszt (BIS-2380) – Diapason d’Or e Choc Classica do ano 2020 e Editor’s Choice Gramophone;
– Concertos para piano 3, 4 e 5 de Saint-
-Saëns (BIS-2300) – Diapason d’Or e Choc Classica do ano 2019;
– «À la russe» (BIS-2150) – Choc Classica do ano 2017, Diapason Découverte, Supersonic (Pizzicato) e CD des Doppelmonats (PianoNews);
– Concertos para piano de Liszt (BIS-2100).
Em 2019, recebeu o Prémio da Crítica: “Revelação Musical do Ano”.
Em 2020, foi premiado com duas “Victoires de la Musique Classique”: Gravação do Ano (Concertos de Saint-Saëns n° 3, 4 e 5) e Solista Instrumental do Ano.
Alexandre estudou com Pierre-Alain Volondat, Igor Lazko, Franck Braley e Rena Shereshevskaya.
Alexandre é laureado pela Fundação Safran e pelo Banque Populaire.

01 JUL 21h

Recital de piano
Brahms, Liszt e Rachmanimov