Foto: Grittani Creative

Vencedor do Avery Fisher Career Grant (2016) e do Borletti-Buitoni Trust Award (2020), o violinista americano Alexi Kenney está a construir uma carreira que desafia rótulos, seguindo os seus interesses, intuição e coração. Tanto pode estar em casa, a criar programas experimentais e a encomendar obras a jovens compositores, como a tocar enquanto solista com grandes orquestras nos EUA e noutros países ou ainda a colaborar com alguns dos músicos mais célebres do nosso tempo.
Nascido em Palo Alto, Califórnia, em 1994, Alexi formou-se no New England Conservatory em Boston, onde recebeu o seu Diploma de Artista, como aluno de Miriam Fried e Donald Weilerstein. Os seus professores anteriores foram Wei He, Jenny Rudin e Natasha Fong. Toca um violino feito em Londres por Stefan-Peter Greiner, em 2009, e com um arco de François-Nicolas Voirin.
Nas últimas temporadas, Alexi apresentou-se como solista com a Detroit Symphony, St. Paul Chamber Orchestra, Sarasota Orchestra, Orchester de Chambre de Lausanne e liderou a Mahler Chamber Orchestra. Fez recitais no Wigmore Hall, Carnegie Hall, Mostly Mozart Festival do Lincoln Center, Philadelphia Chamber Music Society, Phillips Collection, 92nd Street Y, Festival Mecklenberg-Vorpommern e Isabella Stewart Gardner Museum.
Vencedor do Concurso Concert Artists Guild (2013) e laureado do Concurso Menuhin (2012), Alexi tem sido elogiado pelas revistas Musical America, Strings Magazine e pelo The New York Times.

 
09 JUL 21h30 – Universidade Nova FCT

Concerto de Encerramento 
Beethoven Fest

10 JUL 19h00 – Convento dos Capuchos

Poslúdio dos Capuchos
Variações Goldberg 3