Nasceu em Lisboa e concluiu o curso superior de canto no Conservatório Nacional, na classe de Joana Silva. Como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, estudou em Paris, com Elizabeth Grümmer, e na Academia de Música de Basileia, com Kurt Widmer, obtendo os diplomas superiores de canto, concerto e ópera. Em Basileia, teve a oportunidade de trabalhar com Inge Bohrk, Reri Grist, Montserrat Figueras e René Jacobs, entre outros.
Colaborou com todas as orquestras portuguesas e com a Orquestra da Rádio Suíça, a Sinfónica de Basileia, a Nacional da Lituânia, a Barroca Norueguesa e a Nacional da Malásia, sob a direção de maestros como Jost Meier, Moses Atzmon, Jaques Mercier, Michel Corboz, Adrian Stern, Hans Martin Linde, René Jacobs, Ketil Haugsand, Harry Christophers e Manuel Ivo Cruz, entre outros. Como recitalista, tem trabalhado com José Bom de Sousa, Nuno Vieira de Almeida e João Paulo Santos, actuando nos principais festivais portugueses e nos de Locarno, Flandres, La Granja, Ischia e Macau. Colaborou regularmente nas temporadas de ópera do Teatro Nacional de São Carlos e cantou em salas como o Théâtre de la Monaie, em Bruxelas, Philarmonie de Berlim e Tokyo Opera City Hall, no Japão.
Foi membro dos agrupamentos Segréis de Lisboa, Real Theatro de Ópera de Queluz e International Opera Company, com a qual actuou no Oriente (Índia, Malásia e Tailândia).
Professor de Canto da Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa, desde 1987, foi seu Director de 2000 a 2010. Desde então, dirige a Orquestra Geração, projecto social baseado no El Sistema e que envolve mais de 1000 crianças e jovens, pelo qual recebeu o Prémio Nacional de Professores, do Ministério da Educação.

 
08 JUL 21h30 – Convento dos Capuchos

Carta branca a António Wagner Diniz
Artur Santos, Lopes-Graça, Fauré,
Debussy, Satie, Poulenc