Officium Ensemble

Ao longo dos últimos 20 anos, o Officium Ensemble afirmou-se como uma formação de referência no plano nacional na interpretação do riquíssimo repertório polifónico ‘a cappella’ dos séculos XVI e XVII, das tradições portuguesa, espanhola, franco-flamenga e inglesa.
A qualidade das suas abordagens, nas quais o rigor musicológico vem sempre aliado a um cuidado trabalho da sonoridade e à imediatez emocional, valeram-lhe também a presença regular em festivais internacionais de referência, como o Laus Polyphoniae de Antuérpia, ou o Oude Muziek de Utrecht.
Criado pelo maestro Pedro Teixeira em 2000, o Officium Ensemble tem uma formação-base de 12 cantores, adaptável consoante os repertórios que interpretam.
Além de concertos ‘a cappella’, o Officum já se apresentou em concerto com a Orquestra de Câmara de Colónia e com a Orquestra Barroca Divino Sospiro. Os seus concertos são regularmente gravados pela RTP-Antena2.